Globo divulga quem são os participantes do bbb17

Globo divulga quem são os participantes do bbb17
A produção do Big Brother Brasil divulgou nesta quarta feira dia 18 de janeiro de 2017 a relação dos participantes do BBB 2017. Após vários dias de espera, ansiedade e muita especulação sobre a divulgação dos participantes do BBB17, no decorrer do dia durante sua programação, a Rede Globo foi divulgando os novos integrantes do reality show.


Veja abaixo a lista completa de todos os participantes do BBB 2017.


- Vivian, tem 23 anos, advogada, de Manaus-AM (foi Miss Amazonas e Miss Simpatia do Brasil em 2012);
- Rômulo, tem 39 anos, diplomata (ele é também triatleta e escritor), mora em Brasília (DF), nasceu em Goiás.
- Roberta, tem 21 anos, estudante de serviço social, de São Paulo-SP;
- Pedro, tem 29 anos, jornalista e apresentador (especialista em games), de São Paulo-SP;
- Mayara, tem 26 anos, estudante de direito, de Belo Horizonte-MG, mora em São Paulo;
- Marinalva, tem 39 anos, paratleta (participou das paralimpíadas), de Santa Isabel do Ivaí-PR;
- Marcos, tem 37 anos, cirurgião plástico, é de Porto Alegre-RS e reside em Sorriso-MT;
- Luiz Felipe, tem 28 anos, comerciante, de Maceió-AL;
- Ilmar, tem 38 anos, advogado e cozinheiro, mora em Campo Grande-MS, (apelido 'Mamão' para os íntimos);
- Ieda, tem 70 anos, aposentada, de Canoas-RS (Sua família a chama de Susaninha);
- Gabriela Flor, tem 27 anos, bailarina, de Salvador -BA;
- Elis, tem 40 anos, comerciante, de Taguatinga-DF;
- Daniel, tem 41 anos, agente de trânsito, de Ferraz de Vasconselos-SP.

Conheça outros participantes que disputarão vagas no BBB17:


- Antônio e Manoel, têm 23 anos, são promotores de eventos, Os gêmeos são de Vila velha-ES;
- Emilly e Mayla, têm 20 anos, são estudantes, são gêmeas idênticas de Eldorado do Sul-RS.



Se você está na ansiedade para conhecer mais sobre cada um deles, veja a relação completa com o perfil dos participantes no site do GShow.

Como fazer para ser popular no BBB17

Em todas as edições do reality show mais assistido do Brasil, existem os integrantes mais bonitos, os barraqueiros, o que todos odeiam, mas também há aqueles que possuem uma grande popularidade e/ou torcida fora da casa. Portanto se inspire nos integrantes que tinham uma grande popularidade, segundo os telespectadores, e busque entender o que cada um possuía como destaque ou característica que chamava atenção, para ser um dos populares no BBB17.

1- Seja carismático(a)

Pode-se começar relembrando do último Big Brother Brasil, em que a campeã foi a jovem goiana Munik. Com apenas 19 anos, era uma das grandes atrações do programa. A maioria dos telespectadores aprovava a goiana e esperavam pelo sotaque puxado de Goiás, que a moça tinha todos os episódios do reality show. Além da beleza da morena, que era um grande atrativo aos olhos do público, Munik era muito carismática, simpática, construiu amizades dentro da casa, e tentava acima de tudo ser sincera. Mostrou desde o primeiro dia, estar vivendo intensamente as emoções do programa.
Portanto essa é uma das dicas para se espelhar. Demonstrar os sentimentos reais, deixar transparecer as tristezas e alegrias, sem medo. Ser carismático, fazer amigos. Estar levando o programa como a vida real. Por mais clichê que seja.

2– Aproveitem as festas

Inúmeros eram os integrantes de diversas edições que aproveitavam as festas até o último minuto, e seriam horas e horas para conseguir citar todos aqueles que tiveram a sua marca nas festas do programa, que viravam a noite, só iam embora quando o som desligava. Pulava na piscina, cantava, bebia, caia. Estar presente, aproveitando cada segundo que o Big Brother oferece para os personagens, interagir, e entre diversas coisas, te deixa em foco, como algo positivo para os telespectadores. Sem atrapalhar ninguém, sem causar, aproveitando da sua forma, faz com que as pessoas se identifiquem e gostem do personagem e/ou integrante.


3- Fazer grandes laços

É inegável que os casais, por exemplo, são personagens que chamam atenção de longe, e a maioria gosta dos casais, tentando ao máximo permanece-los juntos. Como o Max e a Francine, do BBB9, que permaneceram até a final juntos. Porém não dá para entrar no programa com o intuito de formar casal com alguém. Ou chegar forçando a barra, para ser um casal e ficar “popular”. Mas dá para fazer grandes laços de amizade, por exemplo. Ana Paula e Munik são um claro exemplo recente, do BBB16, que eram populares. E até dizem que pela popularidade de Ana Paula e sua amizade com Munik que os fãs da loira, votaram incansavelmente para que a morena fosse à vitoriosa. Ou seja, fazer grandes amizades e parcerias, é um ponto positivo, e pode fazer com que você se torne popular.

4– Ter um jeito engraçado

Ser engraçado é um atrativo não só no reality, mas também na vida real. Todo mundo quer ficar perto de pessoas que te façam rir. Que tenham uma vibe tranqüila, que passe boas energias.
Mas nada adianta querer chegar forçando ser engraçado, fazendo piadas prontas e totalmente sem graça. Tem que ser algo extremamente natural. Afinal existem pessoas que mesmo sérias, conseguem ser engraçadas. E a Sabrina Sato, por exemplo, foi um desses personagens engraçados do Big Brother e é até hoje nas telinhas. Sabrina que era paulista tinha um sotaque de interior, assim como a Munik, que já era algo que chamava a atenção, mas também Sabrina era toda muleca, extrovertida, sem pudores, teve sua trajetória marcada pela música que cantava errado no programa. Acabou sendo eliminada, mas chegou até a oitava semana. Porém hoje tem uma carreira consagrada na televisão.
Ou seja, ter humor, é essencial, para sua popularidade em um reality show.

O que aprender com a trajetória de alguns ex-integrantes do BBB

O que aprender com a trajetória dos ex-BBB
O Big Brother Brasil é um programa que deixa o público analisar tudo sobre todos os integrantes da casa, avaliando se no decorrer dos dias, como é a sua convivência na casa, como é a sua personalidade, suas atitudes e se elas são dignas para te fazer dentro da casa. Muitos personagens têm belas trajetórias, que chegaram ter a sorte de conseguir uma grande repercussão, emprego e muita coisa fora da casa.


Personagens que vale a pena se espelhar. Já outros, até teriam chance de ser favorito do público, mas no meio do caminho, pisou em falso e estragou todas as chances de ser o vencedor. E é válido analisar os outros programas, para aprender coisas do que se fazer e o que não se fazer dentro de uma casa, vigiada por câmeras 24 horas por dia.

O que NÃO fazer?


Há quem diga que aprender com os erros, é a melhor forma de aprender. Então nada mais válido, do que ver o que ex-integrantes fizeram, que estragaram sua trajetória no programa, para assimilar o que não se deve fazer.

1- A primeira, disparadamente.


Foi o que dois personagens do BBB7 fizeram que chocasse muito o público. Alberto Cowboy e Daniel Cobra tinham um laço de amizade muito grande, até que um belo dia, eles decidiram fazer um pacto de sangue em rede nacional. A repercussão do ocorrido foi muito negativa, que até o Bial, chamou a atenção dos participantes, pelo risco de doenças transmissíveis e pelo mau exemplo na televisão. E isso é sem dúvidas algo que não se deve em hipótese alguma ser realizado.


2- Falar coisas que não condiz com o acontecido.


É algo realmente perigoso. Ana Paula, no último programa, acusou Laércio, de abusar de adolescentes. A informação após o programa foi confirmada, e o ex-integrante chegou a ser preso. Mas a participante teve uma grande repercussão e até um pouco negativa pela acusação, chegando a ser chamada de “louca”, “barraqueira” e muito mais. Mesmo que no fim, ela estava certa. Mas Dourado, por exemplo, do BBB10, declarou em uma conversa que “segundo um médico explicou para ele, AIDS não era contraído por héteros”. Na época, o integrante teve que se retratar, mas hoje, certamente era algo que se acontecesse, teria uma repercussão gigantesca, podendo ser considerado até mesmo homofóbico, pela sociedade. Ou seja, falar coisas sem saber, ao certo, se é verdade, realmente não te trará pontos positivos dentro do jogo.

3- Perder a paciência em uma briga e partir para a violência.

Violência já não é algo legal na vida real, imagina dentro de um reality show em que há câmeras com telespectadores te vigiando e prestes a te apontar o dedo toda vez que você faz algo errado. Ou seja, partir para a violência no BBB, por exemplo, seria o seu fim. E esse foi o fim de Ana Paula, a integrante mais polemica do BBB16, que conquistou muitos fãs também, mas perdeu a chance de conquistar o premio, após partir para cima de outro integrante.

Não cometa estes 10 erros quando estiver no BBB17

Não cometa erros no BBB17
Em todas as edições do Big Brother Brasil, sempre há alguns integrantes que no início até possui alguma chance de chegar perto do prêmio ou até a final pelo menos. Mas ao decorrer dos dias, metem os pés pelas mãos e comentem erros graves, fazendo com que de alguma forma aquilo influencie na saída deles do programa.

1- No último programa, por exemplo, houve um grave erro de uma participante, que inclusive tinha um grande público torcendo pela mesma, e que tinha boas chances de conquistar o prêmio.

Que foi a Ana Paula, participante expulsa, por agredir outro integrante da casa e que gerou inúmeras outras polêmicas. No geral o público tinha uma visão positiva das suas polêmicas dentro da casa, mas em uma delas a participante se alterou e agrediu fisicamente um dos participantes, o que ocasionou sua expulsão. Deixando uma imagem negativa para a sua passagem pela casa, por conta da expulsão. Saber lidar com as emoções, principalmente de raiva dentro da casa é algo muito importante e exigi muito autocontrole dos participantes. Este foi sem dúvidas um dos maiores erros no BBB16.

2- Uma das características que o público realmente não gosta e que não vai te fazer chegar até o fim do jogo é ser a famosa “leva e trás”, fofoqueira, que fala mal de todos pelas costas e se faz de amiga em sua frente. Muitos participantes do programa poderiam ser enquadrados neste quesito, mas uma personagem em especial a ser lembrada é a Aline dos Santos, do BBB5, que desde o início mostrou esse lado fofoqueira que existia dentro dela.

3- Ser inimigo dos mais extrovertidos, animados e populares da casa. Mesmo sem saber ao certo a opinião do público sobre o que está acontecendo na casa, logo de cara da para identificar pelo perfil dos participantes quais são os personagens que mais possuem chances de ser os “queridinhos” do público. Então evite ao máximo criar rivalidade com essas pessoas. Já que sabendo que ir para o paredão com elas será eliminação na certa, como ocorreu com diversos participantes em outras edições.

4- Ser antipático logo de cara. No programa, principalmente no começo, em que nenhum dos integrantes se conhecem, é necessário que haja uma simpatia com os demais integrantes e também com o público, para que o famoso “é por questão de afinidade Bial”, não seja justificativa para você na hora da votação.

5- Ser muito radical. Ana Paula do BBB16 foi muito radical desde o começo do programa e isso fazia com que o público gostasse um pouco dela, mas nem sempre ser radical tem a aprovação do público. Como foi o caso de Felipe do BBB7, que realizou pacto de sangue em pouco tempo com Alberto Cowboy, por ver nele um grande amigo. E essa atitude não obteve uma visão positiva do público, fazendo com que logo o mesmo fosse eliminado.

6- Mudar de opinião diversas vezes durante o programa. Não seguir a linha de pensamento que você expôs como a que você acredita, não é algo que o público gosta. Falar que “fulano não lava a louça”, e depois de duas semanas você ser a pessoa que não lava a louça, te torna uma pessoa hipócrita. E ser hipócrita dentro de um reality show em que milhões de pessoas estão de vendo, é com certeza um erro bem grave.

7- Nos dias atuais há algumas questões que são muito discutidas, como a figura da mulher na sociedade. E como a interação dentro da casa é de diversos homens e mulheres, ser machista ou ter uma atitude machista dentro da casa, em festas e etc, pode certamente te levar a eliminação muito em breve.

8- Além do machismo, ser homofóbico, racista, ou preconceituoso de alguma forma com algum dos participantes, fará com que o público te odeie com todas as forças. Já que o programa é aberto para todo e qualquer tipo de público, proporcionando a igualdade.

9- Fazer o tipo preguiçoso, também não é algo positivo. Dividir uma casa com outras pessoas, é necessário que exista o senso de espaço, de limpeza, higiene e solidariedade com o próximo. Ou seja, respeitar o espaço do outro no quarto, lavar sua louça, disponibilizar espaço no varal para outras pessoas usarem, e outras atitudes como essa, não fará com que os outros integrantes tornem seu lado preguiçoso como um motivo para reclamar de você.

10- Ser o ranzinza e crítico da turma, não te fará ser o queridinho do público. E na primeira oportunidade, você será o alvo da casa, e claro que dependendo do seu rival no paredão, você terá grandes chances de ser eliminado. Já que ninguém gosta de pessoas que reclama de tudo.

É importante estar ciente destas coisas. Já que são milhões de telespectadores analisando seu comportamento. E qualquer deslize destes, pode ser motivo para que o público rejeite sua presença dentro da casa.

Os 10 melhores paredões do BBB de todos os programas

Melhores paredões do BBB
Foram 16 edições do programa da rede Globo, Big Brother Brasil. E em todas as edições havia paredões para que os participantes pudessem ser eliminados pelo voto do público, houve muitos paredões polêmicos, em que a votação foi extremamente acirrada e batia recordes de público votando. Houve paredões tão acirrados em que a diferença foi apenas de 0,3% dos votos. Podemos fazer uma lista dos 10 melhores paredões de toda a história do programa, e certamente você irá lembrar-se de boa parte deles e/ou até mesmo da maioria.


1- BBB10, entre Marcelo Dourado e Dicésar;
Comecemos por um dos maiores recordes de votos de toda história do Big Brother Brasil que foi em 2010, em um paredão entre o lutador Marcelo Dourado e o dragqueen Dicésar. Foram exatos 125,4 milhões de votos contabilizados, que deram assim a derrota do dragqueen com 58% dos votos, deixando Marcelo com apenas 42% dos votos. Um dos motivos pelos quais fez deste paredão um dos mais acirrados, e muito lembrado foi por conta da tamanha rivalidade existente entre os dois participantes do programa. Que discutiram diversas vezes e tinham um público e uma torcida muito grande, mesmo que Marcelo Dourado fosse o queridinho, que inclusive ganhou o BBB10. O mesmo já havia participado da edição de 2004, e em uma repescagem conseguiu retornar ao programa em 2010. Lembrando que Max era namorado de Francine, e um dos participantes mais queridos pelo público da edição.

2- BBB9, entre Max, Priscila e Francine;
Esse “paredão” ocorreu na final do BBB9, no qual os três participantes: Max, Priscila e Francine, disputavam o prêmio em dinheiro oferecido pelo programa ao vencedor. Ao contrário dos paredões normais em que você votava em que você não gostava, nesse “paredão” você devia votar no seu preferido, em que você gostaria que ganhasse. E assim foi feito, certamente uma das menores diferenças de votação, com apenas 0,44% de diferença para o ganhador e o segundo colocado. Que foram respectivamente o Max e a Priscila, um com 34,85% e a outra com 34,61% dos votos.

3- BBB12, entre Jakeline e Renata;
Este foi o segundo paredão da edição de 2012, disputado entre uma mineira e uma baiana. Sendo este o paredão mais acirrado do BBB12, com uma pequena diferença de 0,94% a menos para a perdedora. Ou seja, com menos de 1% de diferença do público, a baiana Jakeline deixou o programa com exatos 50,47% dos votos, enquanto Renata, a mineira do programa teve 49,53%. A Jakeline, a eliminada, já havia sido emparedada duas vezes. A participante era a típica personagem da casa que comprou várias brigas em pouco tempo que permaneceu na casa, havia quem a adorava e quem a odiava. Como é perceptível pela pequena diferença na sua eliminação.

4- BBB15, entre Mariza e Cézar;
Tendo sido também com uma pequena diferença de 0,44% dos votos a mais para aquele que foi eliminado, no caso a Mariza, a pernambucana, com 50,22%. A disputa estava bem acirrada entre Cézar o cowboy do programa com seu jeito mais rustico, que inclusive também foi o campeão desta edição e a Mariza, uma senhora de mais de cinquenta anos, professora de artes, uma pernambucana arretada que já havia conquistado algumas brigas particulares dentro da casa. Esse paredão aconteceu na reta final do BBB15, e Mariza já havia enfrentado dois outros paredões.

5- BBB5, entre Jean e Juliana;
Quem acompanhou fielmente o programa, se recorda muito bem das primeiras edições, principalmente essa em que envolveu grandes participantes. O primeiro paredão do BBB5 foi entre Jean Willys e Juliana, e contou com uma pequena diferença percentual de 0,98% dos votos, fazendo com que Juliana fosse a primeira eliminada do programa.
6- BBB10, entre Anamara e Lia;
Ambas as participantes, Anamara e Lia tiveram diversas rixas dentro da casa, às trocas de farpas eram tamanhas e as duas eram consideradas polemicas. E com 57% dos votos, Anamara ou Maroca, como era conhecida, foi eliminada já perto do final do reality.

7- BBB8, entre Rafinha e Giselly;
Sendo este também um “paredão” na final do programa em que ao invés de serem eliminados os dois participantes concorriam ao prêmio. A diferença foi a menor até hoje na história do reality show, com apenas 0,3% de diferença, fazendo assim com que o Rafinha levasse a melhor e ganhasse o prêmio oferecido pelo programa. Deixando assim Giselly em segundo lugar. Ambos participantes eram bem vistos e queridos pelo público, fazendo com que a votação fosse extremamente acirrada.

8- BBB12, entre Laisa e João;
Este paredão também é demarcado pelo percentual grande de rejeição do integrante que foi eliminado. Laísa foi se excluindo do restante da casa e isso fez com que o público não estivesse gostando da sua participação no programa. A personagem era uma das mais belas da edição, e foi apenas uma única vez emparedada, no qual neste mesmo foi eliminada no sexto paredão com um grau muito grade de rejeição, no caso 88% dos votos.

9- BBB10, entre Tessália, Anamara e Alex;
Este paredão tem algo de especial, já que é um dos paredões com maior índice de rejeição do programa, ainda mais sendo ele um paredão triplo, que ficou realmente muito marcado. A disputa que estava entre Tessália, Anamara e Alex, fez com que todos ficassem chocados com a saída de Tessália com 78% dos votos, um índice de rejeição tamanho, para um paredão triplo. Tanto que até o apresentador do programa, Pedro Bial, não se conformou com o resultado.

10- BBB16, entre Ana Paula e Laércio;
Ana Paula e Laércio na maior parte do tempo em que ele permaneceu na casa. Ana Paula conhecida como a louca da casa, acusou Laércio de pedófilo e assediador, causando maior polêmica, e fazendo assim que o participante fosse visto negativamente junto com as suas atitudes dentro da casa. E por conta disso a disputa entre os dois já no segundo paredão do programa, foi a prova do público de quem “estava certo” na briga entre os dois. E com 54% dos votos, o público ditou Laércio como o errado da situação, eliminando o mesmo.

5 sinais de que o BBB17 será um sucesso

BBB 2017 tem potencial para ser sucesso
O Big Brother Brasil está na sua décima sétima edição, é o reality show mais conhecido e mais assistido do Brasil. Sempre teve grande audiência em suas edições anteriores, e as expectativas para o início do programa, que ocorrerá em janeiro de 2017, são as melhores possíveis ou até maiores do que nas outras edições.

Mudança do apresentador do programa



Um detalhe interessante que poderá chamar ainda mais a atenção do público para acompanhar o BBB17, será a mudança de apresentador. Pedro Bial, atualmente com 58 anos, tem uma carreira consolidada pela rede Globo, e participou de todas as edições do reality. Famoso pelas suas frases filosóficas na hora do resultado do paredão, o apresentador dará lugar para um novo jornalista da Globo, Tiago Leifert, que já apresentou o Globo Esporte e o The Voice Brasil. O novo apresentador com seus 36 anos, tirou diversas vezes suspiros das mulheres que acompanharam seus últimos trabalhos e certamente esse não será diferente. A mudança de apresentador será um grande atrativo.

As inscrições para BBB17 aumentaram significativamente 


Outro sinal de que o reality show possa ser um sucesso, é segundo a divulgação dessa informação em diversos jornais, as inscrições para o programa foram triplicadas. As inscrições e processo de seleção que ocorria entre o período de março e finalizaram em agosto, ocorreu em 11 estados do país e simplesmente bateu o recorde de pessoas buscando por uma vaga entre os futuros participantes do programa. Ou seja, se as inscrições deste ano foram as mais procuradas, é sinal de que o público está dando maior relevância para o BBB17. Outro ponto importante para se ressaltar sobre sinais que podem comprovar que o BBB 2017 será um sucesso, pode ser o fato de que o Big Brother Brasil que teve uma recaída por parte dos telespectadores, ganhou grande repercussão na última edição.

Participação polêmica no reality

A participante polêmica que foi expulsa do programa Ana Paula, por dar um tapa no rosto de outro brother, gerou grande visibilidade para o programa. Durante a edição inteira, Ana Paula conquistou fãs e trouxe mais telespectadores para frente da televisão no horário do programa. A sister fez muito barraco, discutiu, participou de uma falsa eliminação, a qual ficou isolada em um quarto por alguns dias, deixando os outros participantes comemorarem sua saída, e depois tendo também um retorno polêmico. O que fez o público acompanhar o programa e tivesse mais interesse pelo que poderá ocorrer na próxima edição.

Leia também: Como Votar no BBB 2017

Diversidade de pessoas dentro da casa

Por maiores que sejam os programas de entretenimento existentes na televisão aberta, um dos principais motivos de que o Big Brother Brasil tem potencial para ser sucesso, é que muitos esperam para acompanhar todos os anos pessoas desconhecidas dentro de uma casa, competindo umas contra as outras para acumularem prêmios, alcançar a fama e ser milionário. As provas de resistência, as festas, a convivência, as brigas e intrigas existentes, tudo isso são belos motivos que chamam a atenção do público a ficar com os olhos pregados na televisão, todos os dias, no mesmo horário. É como se fosse uma novela, quem começa acompanhar, sempre quer saber tudo o que vai rolar no dia seguinte, a continuação de uma briga, de uma festa e/ou de uma prova. Ou seja, o fato do programa divertir sempre as pessoas, trazer imagens de diversas de pessoas, faz com que não só o BBB17, mas todas as outras edições sejam um sucesso.



Novidades na casa em cada edição

E por fim, outro motivo clássico para o BBB17 ser um sucesso, é que a grande maioria das pessoas sempre começa acompanhar o programa para saber as novidades da casa. Como hidromassagem, decoração, separação dos quartos e outras mudanças na arquitetura da casa, e muitos outros aspectos que sempre mudam a cada nova edição do programa. Sem contar às regras que sempre mudam a cada ano, trazendo junto um ar de curiosidade e mistério, e como essa edição está com uma cara nova, muitas novidades devem aparecer.

Com todos as mudanças e tantos motivos para assistir ao reality, certamente essa décima sétima edição do BBB, seja um sucesso.

O que Munik pode nos ensinar para vencer o BBB17

A goiana ganhadora do último reality show da Globo, chegou desde o início do programa mostrando sua carisma e simpatia ao público e a todos os seus concorrentes dentro do BBB16. Uma bela jovem de apenas 19 anos que ria de tudo e sempre falava o que pensava. Muitos podem apontar que a vitória dela, tenha sido por conta da sua beleza em excesso, já que era uma das participantes mais bonitas dessa edição, mas certamente ela teve muitos pontos positivos e boas atitudes para que o público pudesse escolhê-la para ser a ganhadora de 1,5 milhão de reais.

Um dos principais pontos que chamavam atenção do público era sua espontaneidade. A moça, era sempre espontânea, tinha seus próprios bordões, seu jeito engraçado de conversar e sua mania de estar sempre animada e conversando com todos, são coisas que o público sempre irá admirar nos integrantes. Sem contar a sinceridade, ela nunca mediu suas palavras, se ela precisava te falar algo, ela iria falar. Dentro do jogo, ela sempre jogou com a sinceridade ao seu lado, ela sempre soube ser ela mesma, o que também será um ponto muito positivo no BBB 17.

A sua amizade com a Ana Paula também foi uma coisa que Munik pode nos ensinar, amizades sempre causam impacto quando são verdadeiras. O público gosta tanto de uma boa amizade, quanto de um romance, quando verdadeiro a tal ponto. Munik nunca adulou Ana Paula, e nem entrava nos seus planos de irritar os concorrentes. Mas ela sempre esteve ao lado da amiga, seja para dar umas boas broncas perante seus chiliques, ou para dar boas risadas de alguma situação dentro da casa. E se todo mundo já amava a amizade entre as duas, assim que a Ana Paula saiu à torcida dela se tornou toda para a Munik. 

Sua animação e senso de humor eram inquestionáveis. Sempre foi a que mais animava as festas e aproveitava cada segundo que viveu dentro do programa com um grande senso de humor. Ninguém gosta de pessoas mal humoradas, o público gosta de pessoas que riem que são alto astral, positivas, festeiras, coisa que Munik conseguiu provar durante toda sua trajetória na última edição do Big Brother Brasil.


E por fim, outra característica que chamava a atenção do público para que ela se tornasse a favorita ao premio, era a sua calma, o seu equilíbrio em saber a hora de brigar e a hora de acabar uma briga. A sua personalidade forte, mas sua alma calma. Teve poucos desentendimentos dentro da casa, mas os que existiram foram realmente necessários em seu ponto de vista. Ela sempre tentou lidar com as mais diversas situações com a sua forma calma de pensar e analisar as situações.

E isso foi tudo que Munik a ganhadora do BBB 16 pode ensinar para os próximos participantes do reality show BBB 17, trabalhar sempre com a sinceridade, saber aproveitar com senso de humor e equilíbrio tudo que acontecesse dentro da casa, além de ser sempre verdadeira perante suas alianças e ser a mais espontânea e simplória possível.